Make your own free website on Tripod.com

Abelhas

Na sociedade das abelhas detinguem-se três castas: a rainha, o zangão e as operárias.

A rainha é a única fêmea fértil (2n), responsável pela posura de ovos. Vive cerca de quatro anos.

As operárias são fêmeas diplóides e estéreis. As operárias são encarregadas de defenderem a colméia, obter alimento (polén e néctar), produzir a cera e o mel.

Os zangões são machos férteis haplóides (n) e sua principal função é fecundar a rainha.

A rainha é fecundada fora da colméia no chamado vôo nupcial. Os óvulos são haplóides (n) e quando fecundados originam ovos diplóides (2n) que se transformam em larvas. As larvas que recebem como alimento mel e pólen tranformam-se em operárias; já as que recebem uma secreção glandular produzida pelas obreiras e chamada de geléia real evoluem para as rainhas. Os óvuls não fecundados, através de um processo designado por partenogênese, originam os zangões. Após o vôo nupcial, o zangões são expulsos e morrem de inanição.

A conhecida "dança das abelhas" constitui um rito no qual uma abelha informa às demais a localização do alimento, em relação ao sol e à colméia.

abelhas.jpg (20685 bytes)