Make your own free website on Tripod.com

Isaac Newton

 

Físico, matemático e filósofo inglês (1642-1727). Nascido em Woolsthorp, Condado de Lincoln, morreu em Londres, famoso em todo o mundo pelas suas descoberta de cálculo infinitesimal, da lei da gravidade universal e da teoria corpuscular da luz.

Aos 12 anos ingressou na Escola de Grantham, e, aos 15, no Trinity College, de Cambridge, onde foi aluno de Barrow, familiarizado-se com a Geometria de Descartes e a Aritmética dos Infinitos, de Wallis. Diz-se que a inteligência superior de Newton aborreceu o mestre Barrow, que se demitiu e foi substituído pelo discípulo. A obra que começou a sua reputação foi a Aritmética Universal, que entretanto só foi publicada em 1707 por G. Whiston. Nomeado, em 1672, membro da Sociedade Real de Londres, comunicou a esta sociedade, em 1675, a sua explicação das cores diferentes dos corpos expostos à luz branca. Deu igualmente a sua teoria das cores produzidas pela sobreposição de lâminas delgadas.

Newton iniciou a formação da Mecânica Celeste aplicando os princípios da Mecânica aos fenômenos cósmicos. Das leis de Kepler chegou à lei da gravitação universal, pela qual "a matéria atrai a matéria na razão direta das massas e na razão inversa do quadrado das distâncias". Não é verdadeira a versão segundo qual teria construído sua teoria da gravitação universal em virtude da queda de uma maçã em sua cabeça. Escreve um de seus biógrafos: "Em 1675, o Rei Carlos II, concedeu a Newton as dispensas necessárias para que pudesse continuar a ser professor no Trinity College, sem tomar ordens.

Mais tarde foi encarregado pelos seus colegas de os representar no Parlamento, de 1688 a 1705; mas a sua carreira política não teve brilho algum. Foi provavelmente pelo ano de 1683 que Newton compôs os seus Princípios Matemáticos de Filosofia Natural, onde apresenta pela primeira vez a teoria da atração universal. Newton estaria a muito tempo na posse desses princípios, porque é à época do seu retiro momentâneo, em 1666, que se refere a anedota da queda da maçã, que teria atraído a sua atração sobre as leis da gravidade".

Foram notáveis as contribuições de Newton ao progresso da ciência, embora tivesse de dividir com Leibniz e outros a glória de ter enunciado o cálculo infinistesimal. Sua teoria corpuscular da luz, que prevaleceu durante quase todo o século XVIII, cedeu ante a teoria ondulatória de Huygens, em meados do século XIX, a que Einstein acrescentaria o conceito de fóton. O mesmo Einstein introduziria substancial modificação no conceito de gravitação através da Teoria da Relatividade: "as leis da gravitação devem simplesmente traduzir a inércia da matéria."